Foto: Isaac Amorim/ MJ

A queda de braço entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e setores do governo Bolsonaro continua. Neste sábado (23), Maia “deu a entender que o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro, está fora da agenda e não terá vez na pauta da Casa tão cedo”, informou o Uol neste domingo (24). “A minha agenda é a reforma da Previdência”, disse Maia.

Saiba mais aqui.