Após polêmicas, MP da reforma trabalhista caduca


À mercê de contratos e acordos coletivos, caduca nesta segunda-feira (23) – medida provisória – que regulamenta trechos da reforma trabalhista criada no ano passado. O governo ainda não sabe como vai resolver pontos que, agora, ficarão na margem jurídica.

Travou. Focado exclusivamente nas eleições de outubro, o Congresso tem atuado a passos lentos. O texto altera 17 artigos.

Anterior Naia vai à Piabuçu: estradas e rodagens é prioridade de 29%
Próximo Projeto que limita salário será retomado

Sem Comentário

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *