Marina: “Eleição de 2014 foi uma fraude”


Após dizer que não tem mágoas sobre os ataques recebidos do PT durante a campanha de 2014, a presidenciável Marina Silva atribuiu ao ex-marqueteiro da campanha de Dilma Rousseff (PT) a origem das notícias falsas.

“Costumo brincar que as fake news não foi o [presidente dos EUA, Donald] Trump que inventou. Foi o João Santana, na campanha da Dilma, porque me pintaram como se fosse uma exterminadora do futuro”, declarou após participar nesta sexta-feira (27) de um debate com líderes sindicais da UGT (União Geral dos Trabalhadores).

Marina fez uma meia culpa em relação ao apoio dado ao senador Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições de 2014, afirmando que não o apoiaria se fosse hoje.

“Hoje, com certeza não o apoiaria, e acho que a maioria dos que votaram no Aécio e na Dilma não votariam, porque os dois praticaram a mesmíssima coisa. Infelizmente, a eleição de 2014 foi uma fraude”, disse.

Anterior Golpes contra INSS chegam a R$ 15 bilhões
Próximo Mínimo do cartão tem nova regra

Sem Comentário

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *