A semana será decisiva para as composições das mesas diretoras da ALPB, para o 1º e 2º biênios. Com nomes praticamente definidos, o martelo só deverá ser batido e o prego virado na sexta-feira, quando da realização dos pleitos.

Até lá, muitas águas deverão rolar.

Muitos deputados preferem não arriscar, apesar de garantirem que já fecharam questão com Adriano Galdino para presidir a Casa no 1º biênio, ainda estão indecisos em relação ao nome que deverá comandar a ALPB no 2º biênio.

Os nomes são muitos, mas começaram a se afunilar, e entre os favoritos está o deputado Hervázio Bezerra, que tem no currículo além da atuação de líder do Governo Ricardo Coutinho, a experiência de ter presidido a Câmara da Capital.

Assim, a disputa só deverá se decidida na hora da eleição, se até lá o impasse continuar e um desses candidatos ao 2º biênio não consiga a habilidade de Adriano Galdino para se consolidar como o favorito e o preferido do governador João Azevêdo e do ex-governador Ricardo Coutinho.